A luta para se fazer uma cidade

No segundo canto da Eneida, de Virgílio, Enéias fala a Dido sobre os acontecimentos que deram fim à Tróia: o ataque grego arrasava a cidade e o palácio do Rei Príamo. Enéias foi ao lugar, à procura de sua esposa, filho e pai. Testemunhou o velho rei vestindo armadura e sendo chamado pela esposa a reconhecer a inutilidade de se resistir. Neoptólemo, o filho de Aquiles, atira-se contra o rei troiano e em seu peito faz adentrar toda a lâmina da sua espada.

Em outra cena, Enéias encontra Helena, aquela que motivou a guerra que deu fim à sua cidade. O desejo de matá-la o abrasa. Ele se prepara para o ataque, mas sua mãe, a deusa Vênus, o impede com doces palavras: não vá ele matar quem não tem culpa daquilo que é obra dos deuses; Eneias deve reunir os seus e partir: seu destino é fundar cidades, entre as quais será o gérmen de Roma.

Aquiles é herói da determinação guerreira. Ulisses é o herói da astúcia e do retorno à casa. A memória dos feitos de ambos deu ao grego o sentido de afirmação de si, ante o destino, e também de ser o esteio de uma linhagem familiar. Na cena contada por Eneias, ao lado da violência do filho de Aquiles, preocupada com a glória, o próprio narrador descobre que ele mesmo deve proceder diferente: deve realizar um percurso, com os seus, rumo à construção de um lugar para morar. Se a Ulisses coube retornar à casa, a Enéias coube construir um lar.

Assim como os deuses fazem os homens transformarem o mundo num caos, eles indicam para eles o caminho de suas vidas que, se seguido, dará ordem às coisas. A busca de Enéias guarda semelhanças com a do povo de Israel, nas histórias da Bíblia: lutar, do jeito que for, ao mesmo tempo cumprindo um destino e vivendo excelentemente, mas não pela glória guerreira e, sim, pela glória de ser aquele que cuida, é um pai.

Quando tudo está ruim, há os que se regozijam e ainda escolhem culpados para perseguir e aumentar a violência. E há os que procuram refundar a cidade, usando comprometimento e cuidado.

Gostou? Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *