Cabeça vazia, mas politizada

Eu andava na rua, cuidando de coisas de trabalho, quando um homem bem vestido me estica um papel, enquanto diz “Fora Temer”. Não pego o papel. Percebo uma banca com um rolo de adesivos escrito “Lula livre”. Talvez ele os dê esses à pessoa com quem ele já quebrou o gelo, pois trazem uma opinião menos geral.

Senti pena do homem. Gostei de estar ocupado, no momento. Aristóteles dividiu as ciências entre produtivas, como a do médico e a do carpinteiro, que produzem saúde e móveis, e a especulativa, que é a do filósofo. As primeiras atendem às necessidades humanas ou à busca por prazer. Isto significa que elas almejam algo que não é elas mesmas. Já a especulativa tem a si mesma por seu fim, não precisando de nenhuma finalidade que as transcenda. Estuda-se filosofia pelo próprio ganho de estudar filosofia.

Bem, naquela situação eu exercia atividade orientada por uma produtiva.

Há um terceiro tipo de ciência sobre a qual fala Aristóteles: a prática, referente à economia, à ética e à política. Política, no sentido deste filósofo, não tem a ver com partidos, e seu centro não está em disputar eleições. Política, em Aristóteles, é exercer a essência humana de fazer parte da comunidade, conversando e decidindo sobre os assuntos que  só o indivíduo pode decidir, e sobre a vida dele mesmo.

Qual dessas ciências ou atividades aquele homem estava a exercer?Vindo-me com uma frase pronta, aquele homem fazia política? Não. Fazia propagação de ideologia.

Um outro homem parou perto dele. Ouvi-o dizer que o Palocci era um defunto que estavam tentando ressuscitar para tentar acabar com Lula, mas que não daria em nada. Senti ainda mais pena de quem, já grande, precisa que alguém salve sua crença em Papai Noel.

Cabeça vazia é oficina de “Fora Temer” e “Lula livre”. Ou melhor, de qualquer um desses jargões pseudo-políticos que circulam por aí. Nada produtivo, muito menos especulativo.

Gostou? Compartilhe:

One thought on “Cabeça vazia, mas politizada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *