O analfabeto Sérgio Moro

Quando é que o nosso superministro aprenderá português? Já não basta o analfabetismo de nosso outro superministro, Paulo Guedes?

Quando da ditadura militar, o título “superministro” remetia ao, digamos assim, super-economista Delfim Netto. Fato foi que dessas super-ações veio a não super, mas hiper-inflação, que nos torturou durante muito, muito tempo.

Mas Delfim possuía uma linguagem em comum conosco. Dele podemos falar tudo, menos de que estamos lidando com alguém que não conheça o Brasil.

Guedes e Moro, ao contrário, talvez saibam (TALVEZ!) pedir o menu no McDonald’s e em algum outro fast-food italiano. Só não duvidem que, confundidos com o idioma de ambos, os garçons recorram ao Google para poder saber àquilo que nem nós, brasileiros, sabemos: “o que é conge?”

Isaias Bispo de Miranda – 4 de abril de 2019. É estudante de filosofia na PUC-SP e escritor no Filosofia e Cultura

Gostou? Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.